Educar para Crescer
busca

Educar para crescer

PROJETOS

Gabriel O Pensador tem ONG que oferece reforço escolar

O músico resolveu criar o projeto Pensando Junto pensando nas crianças de rua


29/01/2010 14:44
Texto Redação Tititi
Educar
Foto: Selmy Yassuda
Foto: Gabriel o Pensador
"Ler e escrever são maneiras de nos encontrarmos e nos conhecermos melhor"

Quem acompanha a carreira de Gabriel O Pensador sabe que ele é uma pessoa do bem, preocupada com as questões sociais do nosso país, o que ele mostra em letras de sucessos como Brazuca, Dança do Desempregado, É pra Rir ou pra Chorar? e em tantas outras de seus sete CDs, lançados em 17 anos de estrada.

Mas o cantor não fica só na arte. Assustado com a evasão escolar entre um grupo de garotos que ajudava na Rocinha, no Rio, ele colocou a mão na massa e acabou criando, lá mesmo, a ONG Pensando Junto, que oferece reforço escolar e cursos para um grupo de 30 crianças carentes.

Pai de Tom e Davi, o artista encontrou para seus filhos uma escola na qual os alunos pensam por conta própria, se expressam e debatem as ideias. Nesta entrevista, o ídolo pop fala dos professores que teve, de seus livros e da galera da Rocinha, que tem Grazi Massafera como madrinha.

Para ler, clique nos itens abaixo:
Como foi a sua vida escolar?
Gabriel O Pensador: Estudei nos colégios Santo André, Senador Correia, Andrews, todos no Rio... Não fazia o tipo CDF, mas minhas notas eram ótimas e eu me orgulhava disso. A matéria preferida era o português.
Algum professor, em especial, marcou sua vida?
Gabriel O Pensador: Sou grato aos professores em geral. Sempre digo isso nas palestras que faço sobre meu livro Diário Noturno, que é dedicado à minha avó, uma ex-professora, e a todos os seus colegas.
Seu livro Um Garoto Chamado Roberto ganhou o prêmio Jabuti. Do que trata?
Gabriel O Pensador: Conta a história de um garoto que, durante as aulas de alfabetização, tenta esconder a mão direita numa sacola porque ela tem um dedo a mais e teme o preconceito dos colegas.
Você tem planos de fazer novos livros ou CDs?
Gabriel O Pensador: Estou gravando um CD já faz um tempo. Está ficando muito bom e deve sair lá pro meio do ano. Meu livro novo está nas livrarias, se chama Meu Pequeno Rubro-Negro e faz parte de uma coleção que conta um pouco a história dos grandes clubes de futebol brasileiros para crianças. Mas não só pra elas...
Por que ler é importante?
Gabriel O Pensador: Ler e escrever são maneiras de nos encontrarmos e nos conhecermos melhor, a nós mesmos e ao próximo. Além de ser um exercício sempre válido pra nos expressarmos melhor, ampliarmos o vocabulário, o conhecimento, a criatividade.
Em sua opinião, o que falta na educação brasileira?
Gabriel O Pensador: Pra começar, o ideal seria que investissem mais dinheiro no pagamento do pessoal e na reforma das escolas.
Qual é o maior problema?
Gabriel O Pensador: A evasão escolar. É importante criar estímulos para o estudante continuar estudando, principalmente os alunos de baixa renda, que acabam parando de ir à escola para trabalhar ou fazer coisa pior. Na nossa ONG, a gente tenta enfrentar isso com um grupo de 30 jovens, mas é um problema de proporções enormes no País, e com consequências sérias.
Como rolou a ONG e o que oferece?
Gabriel O Pensador: Surgiu há mais de cinco anos, a partir de um grupo de meninos que eu conhecia do sinal de trânsito, ali perto da favela da Rocinha. Eu perguntava se estavam estudando, dava umas roupas, conversava. Depois de dois, três anos, vendo alguns deles abandonar os estudos, resolvi criar o Pensando Junto.
E já era uma ONG?
Gabriel O Pensador: Não, só virou ONG um tempão depois, mas já começou com as aulas de música e reforço escolar. Hoje, temos 30 meninos e meninas e queremos aumentar esse número. Eles têm aulas de português, matemática, cidadania, break dance, rap, curso de DJ e artes plásticas. Recebem auxílio odontológico e uma cesta básica, que é importante pra eles. Mas quem se comporta mal perde os passeios e pode ser punido até com cortes na cesta básica do mês. E eles têm que frequentar a escola para participar do Pensando Junto.
Como as pessoas podem fazer parte desse projeto?
Gabriel O Pensador: Estamos precisando mesmo de ajuda. No momento, eu banco as contas com o meu tio Acélio Contino. Quando pintam outras pessoas físicas ou ONGs com ideias de parceria, a gente inventa um jeito de juntar forças. A Grazi Massafera, por exemplo, está botando um dinheiro do próprio bolso. Depois de visitar a ONG, ela se tornou nossa madrinha oficial.
Deve ser gratificante ver a criançada aprendendo...
Gabriel O Pensador: Muito. A gente já fez umas apresentações junto, no palco, e eu sempre me emociono com eles!
Que tipo de escola sonha para seus filhos?
Gabriel O Pensador: Tivemos um problema com uma escola muito rígida, de ensino suíço-brasileiro, que parecia um quartel, com nosso filho de 5 anos sendo mal-tratado por uma professora e por um inspetor. Um absurdo! É importante dizer isso aqui para que os pais fiquem ligados e conversem com os seus filhos.
É importante mesmo! E o que fizeram?
Gabriel O Pensador: Tiramos o nosso filho de lá e o pusemos numa escola que faz com que os alunos pensem por conta própria, se expressem e debatam as ideias. É a Escola Parque.
Para finalizar, vale a pena ser professor? O que deve melhorar na profissão?
Gabriel O Pensador: Eles podem apontar melhor as mudanças ideais, além de uma maior remuneração, mas acho que vale a pena, sim. Eu teria muito orgulho de ser professor. O que seria de nós sem eles?

 

amigos do educar

 


lição de casa

Crianças que fazem a lição de casa diariamente aprendem mais, têm notas melhores e se tornam mais seguras. Faça a sua parte!



depoimentos

Marina Silva, Martha Medeiros, Nelson Motta e outras personalidades brasileiras revelam o impacto de uma boa Educação no futuro



recomendamos

EDUCAÇÃO INFANTIL
Como contribuir com essa importante fase de formação da criança

ENSINO FUNDAMENTAL 1
Como acompanhar os primeiros passos da vida escolar de seu filho

ENSINO MÉDIO
Dicas para pais e alunos enfrentarem esta fase de novos desafios

mais lidos

ALFABETIZAÇÃO
11 dicas para ajudar na alfabetização de seu filho

TECNOLOGIA
52 sites que ensinam e divertem a criançada