Educar para Crescer
busca

Educar para crescer

QUALIDADE DE ENSINO

Marco Luque: "O ambiente universitário ajuda muito na formação de caráter e no conhecimento de uma pessoa"

Ele vive fazendo piada, mas também sabe falar sério. Confira abaixo a opinião do humorista sobre a formação cultural dos jovens e a educação no Brasil


04/10/2012 17:01
Texto Cibele Carbone
Educar
Foto: Cintia Sanchez
Foto:
"A boa formação faz de você um cara mais seguro e confiante para exercer uma profissão"

O apresentador do programa CQC - Custo o que Custar, da TV Band, faz todo mundo rir com suas tiradas sarcásticas sobre os acontecimentos do dia a dia. Quando sobe ao palco para fazer seu show de stand up comedy, Marco Luque, 38 anos, também arranca gargalhadas da plateia. Mas na hora de falar sobre Educação e os problemas do Brasil, ele deixa a brincadeira de lado e fala sério. "A boa formação faz de você um cara mais seguro e confiante para exercer uma profissão, não importa qual ela seja", diz o apresentador.

Na entrevista a seguir, o apresentador fala sobre sua formação cultural e como ela o ajudou a se destacar na sua carreira.

Para ler, clique nos itens abaixo:
Muitos jovens acham que fazer humor é fácil. Quais as dificuldades enfrentadas nessa carreira?
Marco Luque: Pois é, não é algo fácil como a maioria pensa. Essa carreira não tem uma faculdade para ser feita. Mas ao mesmo tempo é uma profissão onde se tem de ler e estudar muito, ao mesmo tempo em que se exercita textos em teatros e bares e onde mais derem espaço para apresentações de humor.
Para fazer sátiras e criar personagens é essencial conhecer bem o mundo em que vivemos. Como se mantém atualizado?
Marco Luque: É verdade. Eu mantenho atualizado pela internet e com livros, além de ficar de antena ligada para sacar todos os tipos de pessoas que estão a minha volta.
A faculdade influenciou sua formação profissional?
Marco Luque: Eu sou formado em Artes Plásticas pela FAAP e o ambiente universitário ajuda muito na formação de carácter e no conhecimento de uma pessoa. E não digo apenas pelas matérias, mas também pelo convívio com pessoas.
Boa parte dos jovens tem preguiça de ler. O que acha que pode ser feito para incentivar a cultura entre eles?
Marco Luque: Acho que a única alternativa para mudar isso é o jovem encontrar um livro de um assunto que realmente lhe interesse. Aí sim ele vai querer ler.
Quais as lembranças que tem da sua época escolar?
Marco Luque: Eu adorava minha escola, lá era obrigatório fazer um esporte em outro período. Eu não era um excelente aluno, era mediano e minha dificuldade era o inglês.
Até que ponto você acha que o sucesso e a boa formação cultural estão ligados?
Marco Luque: Acredito que estão totalmente ligados, pois a boa formação faz de você um cara mais seguro e confiante para exercer uma profissão, não importa qual ela seja.
E por último, o que falta para que o sistema de educação do Brasil fique bom?
Marco Luque: Muitas coisas. Mas o principal é que falta as verbas do governo destinadas a educação chegarem realmente ao seu destino e serem realmente aplicadas na educação, e não no bolso de alguns políticos.

 

amigos do educar

 


lição de casa

Crianças que fazem a lição de casa diariamente aprendem mais, têm notas melhores e se tornam mais seguras. Faça a sua parte!



depoimentos

Marina Silva, Martha Medeiros, Nelson Motta e outras personalidades brasileiras revelam o impacto de uma boa Educação no futuro



recomendamos

EDUCAÇÃO INFANTIL
Como contribuir com essa importante fase de formação da criança

ENSINO FUNDAMENTAL 1
Como acompanhar os primeiros passos da vida escolar de seu filho

ENSINO MÉDIO
Dicas para pais e alunos enfrentarem esta fase de novos desafios

mais lidos

ALFABETIZAÇÃO
11 dicas para ajudar na alfabetização de seu filho

TECNOLOGIA
52 sites que ensinam e divertem a criançada