Educar para Crescer
busca

Educar para crescer

RESPONSABILIDADE SOCIAL

Mariana Molina: "Na escola dos meus sonhos, os alunos têm mais prazer e os professores mais salário"

Nesta entrevista, a atriz que estuda jornalismo fala de sua infância, dos pais, de leitura e de trabalho voluntário


15/05/2012 17:11
Texto Manoela Meyer
Educar
Foto: Divulgação
Foto:
"Quero continuar aprendendo coisas novas e ganhando experiências para crescer"

Mariana Molina descobriu ainda na escola que queria ser atriz. "Tínhamos a opção de ter aulas de teatro. Foi lá que decidi o que eu queria fazer para o resto da vida", conta com convicção. Ganhou destaque em 2009, como a vilã Bia em "Malhação". Atualmente, atua como Cris na novela "Amor Eterno Amor" (Rede Globo) e concilia o trabalho com a faculdade de Jornalismo. Sim, ela pretende seguir também esta outra carreira.

Interessada em questões sociais, Mariana conversou com a gente sobre a Educação brasileira, seu envolvimento com crianças carentes e sua vida escolar e familiar. Confira abaixo! 

Para ler, clique nos itens abaixo:
Por que você teve interesse em participar do projeto "Educar para Crescer"?
Mariana Molina: Eu concordo totalmente com as questões que o projeto levanta. E acredito que sozinho ninguém consegue mudar o mundo, mas se todos fizermos um pouquinho, podemos ajudar, e muito, no futuro do nosso país.
Onde você estudou? Foi um período legal na sua vida?
Mariana Molina: Eu sempre estudei em São Bernardo do Campo (SP), onde morei a maior parte do tempo. A época do colégio foi para mim, e acredito que para a maioria das pessoas que tiveram essa oportunidade, uma das épocas mais marcantes na vida. Afinal, é onde aprendemos a conviver em grupo, a respeitar e principalmente onde formamos a base do nosso futuro pessoal e profissional. Tenho lembranças maravilhosas desse tempo.
Seus pais se envolveram na sua Educação?
Mariana Molina: Eles sempre me apoiaram e incentivaram a estudar. Não me lembro de um dia em que me deixassem perder aula sem um grande motivo. Sempre acompanharam as minhas notas e dificuldades.
Continua estudando?
Mariana Molina: Continuo. Agora na faculdade, cursando jornalismo. Continuo porque vejo a importância que o ensino superior tem na nossa vida. Quero continuar aprendendo coisas novas e ganhando experiências para crescer.
Você gosta de ler? Tem algum livro que goste mais?
Mariana Molina: Eu gosto muito de ler. Por influência da minha mãe, que sempre foi apaixonada por literatura. Eu nunca sei responder um livro favorito, pois dependendo da fase em que eu estou, um livro me prende mais ou menos. Estou lendo agora o "3096 Dias" (Natascha Kampusch, Editora Verus) que conta a história de uma menina que passa 8 anos sequestrada. Estou fascinada.
Por que você acha que muitos adolescentes não gostam de estudar?
Mariana Molina: Porque realmente não é fácil seguir uma rotina, onde recebem ordens e obrigações diárias. E muitas vezes não têm essa consciência de que é fundamental concluir os estudos. Acredito também que a falta da influência dos pais é uma grande causadora de desistências.
Como seria a escola dos seus sonhos?
Mariana Molina: Um lugar onde todos teriam fácil acesso, com um ensino mais dinâmico, que envolvesse todos os alunos, para que frequentassem com muito mais prazer, sem obrigação. Onde os professores fossem mais bem remunerados para também trabalharem com mais prazer e estímulo.
Qual sua opinião sobre a Educação no Brasil?
Mariana Molina: Eu acho uma questão muito complicada de comentar agora. Sei que o governo tenta de alguma forma melhorar essa situação. Mas ao mesmo tempo, ver milhões sendo gastos em estádios de futebol e milhões sendo desviados, desanima qualquer um.
A televisão pode ajudar na Educação das crianças?
Mariana Molina: Pode ajudar influenciando o bom comportamento e exibindo programas educativos.
Você se envolve de alguma forma com a questão da Educação no país?
Mariana Molina: Não diretamente. Mas atuo como voluntária, junto com a minha mãe, em um abrigo de crianças carentes chamado São Luiz.
Quais são seus planos para o futuro?
Mariana Molina: Eu pretendo concluir a faculdade e me dedicar também ao trabalho de jornalista. Mas sem deixar de lado em momento algum a profissão de atriz. E quero futuramente construir uma família. Tenho um grande sonho que é fundar um abrigo para amparar crianças carentes.

 

amigos do educar

 


lição de casa

Crianças que fazem a lição de casa diariamente aprendem mais, têm notas melhores e se tornam mais seguras. Faça a sua parte!



depoimentos

Marina Silva, Martha Medeiros, Nelson Motta e outras personalidades brasileiras revelam o impacto de uma boa Educação no futuro



recomendamos

EDUCAÇÃO INFANTIL
Como contribuir com essa importante fase de formação da criança

ENSINO FUNDAMENTAL 1
Como acompanhar os primeiros passos da vida escolar de seu filho

ENSINO MÉDIO
Dicas para pais e alunos enfrentarem esta fase de novos desafios

mais lidos

ALFABETIZAÇÃO
11 dicas para ajudar na alfabetização de seu filho

TECNOLOGIA
52 sites que ensinam e divertem a criançada