Educar para Crescer
busca

Educar para crescer

SISTEMA DE ENSINO

Mel Lisboa: "O sistema educacional é atrasado"

A atriz fala sobre a escola ideal e os problemas do nosso sistema atual


08/04/2013 18:45
Texto Renata Paiva
Educar
Foto: Cintia Sanchez
Foto:
"O mundo girou e o sistema é de décadas atrás"

Mãe de Bernardo, 3, e grávida de seis meses de Clarice, Mel Lisboa, 30, quer passar a mesma educação que recebeu dos seus pais. Quando criança, ela estudou em um colégio alternativo e não religioso no Rio de Janeiro. "Eles queriam que fosse algo menos tendencioso para que eu pudesse fazer minhas escolhas mais tarde", diz. A atriz faz o mesmo com o filho. Ainda no maternal, Bernardo recebe estimulo e linha pedagógica diferente em uma escolinha na cidade de São Paulo. "Eles estimulam a imaginação da criança", completa ela, que se divide entre a família e o trabalho. Em outubro ela estreia o musical Rita Lee. "Começo os ensaios em agosto, dois meses depois da Clarice nascer. Vou conciliar tudo", garante.

Para ler, clique nos itens abaixo:
Como foi sua educação, tanto em casa quanto na escola?
Eu sempre tive educação liberal. Meus pais são de uma geração alternativa, meu pai é músico e minha mãe astróloga. Por isso eles escolheram uma escola sem cunho religioso (Colégio Rio de Janeiro), uma coisa menos tendenciosa para eu pudesse mais tarde fazer minhas escolhas.
Seus pais participaram da vida escolar?
Meu pai morava em Porto Alegre e eu morava com minha mãe no Rio. Como ela era sozinha, precisava trabalhar, por isso, não tinha tempo de sentar ao meu lado, ajudar no dever de casa. Mesmo assim, ela supervisionava de longe e perguntava tudo que estava acontecendo comigo. Eu era uma boa aluna, estudiosa e não havia preocupação. Nunca fiquei em recuperação.
Por que você acha que muita gente não gosta de ler ou frequentar a escola?
Leitura é incentivo e hoje temos outros atrativos como TV e internet. Ninguém gosta de leitura sozinho e no Brasil de uma forma geral ninguém incentiva nada. Meus pais sempre leram e passaram isso para mim. Eu realmente tomei gosto porque o exemplo está em casa. A criança se pergunta: "o que tem de legal nisso?" e fica curiosa, quer fazer igual. Eu lembro que a coleção de Bruxas de Avalon marcou minha pré-adolescência. Li com 12 anos e já era um livro para crianças maiores. Fiquei enlouquecida.
Qual sua opinião sobre a educação no Brasil? O que seria necessário mudar?
O sistema educacional é um erro. Ele ainda é atrasado. O mundo girou e o sistema é de décadas atrás. Os professores também não criam o interesse da criança. O ideal é fazer algo que chame a atenção do aluno, criar outra didática, uma educação pública de qualidade...
Educação é responsabilidade de quem? Do governo? Dos alunos? Dos educadores ou da família?
Todos estão envolvidos, não dá para colocar só a culpa no governo, também tenho que me esforçar como mãe, é um interesse comum. Cada um deve fazer a sua parte.
Como seria a escola dos seus sonhos?
Não sei exatamente, mas a do meu filho, por exemplo, é uma escola alternativa, não é tradicional. São outros valores, o colégio visa o lado humano, a imaginação da criança. Lá ele tem vários estímulos e linha pedagógica interessante. Eu levo ele todos os dias e não é só deixar o menino no portão. As mães podem entrar e visitar a sala de aula, ter maior contato com os professores...

 

amigos do educar

 


lição de casa

Crianças que fazem a lição de casa diariamente aprendem mais, têm notas melhores e se tornam mais seguras. Faça a sua parte!



depoimentos

Marina Silva, Martha Medeiros, Nelson Motta e outras personalidades brasileiras revelam o impacto de uma boa Educação no futuro



recomendamos

EDUCAÇÃO INFANTIL
Como contribuir com essa importante fase de formação da criança

ENSINO FUNDAMENTAL 1
Como acompanhar os primeiros passos da vida escolar de seu filho

ENSINO MÉDIO
Dicas para pais e alunos enfrentarem esta fase de novos desafios

mais lidos

ALFABETIZAÇÃO
11 dicas para ajudar na alfabetização de seu filho

TECNOLOGIA
52 sites que ensinam e divertem a criançada