Educar para Crescer
busca

Educar para crescer

CULTURA

Yes, indeed

Existe uma hora mais adequada para começar a aprender uma segunda língua? Especialistas dizem que sim


22/08/2014 14:43
Texto Camila Antunes e Marcos Todeschini
Veja
Foto: Freepik
Foto: Em cada fase, uma forma diferente de aprender outra língua
Em cada fase, uma forma diferente de aprender outra língua

Os especialistas são unânimes em afirmar que a imersão numa língua estrangeira é benéfica desde os primeiros anos de vida — mas alertam para alguns dos cuidados que devem ser tomados em cada faixa etária em relação à educação bilíngüe. Nas próximas páginas, alguns prós e contras para cada idade:

Para ler, clique nos itens abaixo:
Até 4 anos
Nesta fase, o ensino do idioma deve ser lúdico.

O que a ciência comprovou: Essa fase é a melhor de todas para a assimilação de novos fonemas - e, portanto, para o aprendizado de um idioma sem sotaque

Ressalva dos especialistas: Não compensa submeter crianças a aulas puxadas demais, sob o risco de que lhes causem pavor em relação ao novo idioma - o ideal é que elas aprendam por meio de jogos e brincadeiras

O que esperar: Domínio de cerca de 1 500 palavras e compreensão de frases simples da rotina escolar
De 5 a 10 anos
A língua materna deve ser prioridade na alfabetização

O que a ciência comprovou: Crianças que começam cedo numa escola bilíngüe e seguem nela até os 10 anos de idade têm a base do novo idioma consolidada no cérebro a longo prazo

Ressalva dos especialistas: Embora essa seja a fase da alfabetização, não é bom que ela ocorra nas duas línguas ao mesmo tempo - é melhor ensinar o alfabeto no idioma estrangeiro com um ano de atraso

O que esperar: Domínio de cerca de 5 000 palavras, compreensão de letras de música e capacidade de ler e escrever textos curtos
A partir de 11 anos
O aluno aprende mais palavras em menos tempo

O que a ciência comprovou: Como as estruturas formais da língua materna já se enraizaram, o cérebro está na melhor fase para aprender novas palavras estrangeiras em menos tempo

Ressalva dos especialistas: O estágio avançado no idioma materno torna difícil falar a segunda língua sem sotaque - um intercâmbio pode ajudar

O que esperar: Domínio de cerca de 10.000 palavras, fluência oral e capacidade de assistir a filmes sem legenda

 

amigos do educar

 


lição de casa

Crianças que fazem a lição de casa diariamente aprendem mais, têm notas melhores e se tornam mais seguras. Faça a sua parte!



depoimentos

Marina Silva, Martha Medeiros, Nelson Motta e outras personalidades brasileiras revelam o impacto de uma boa Educação no futuro



recomendamos

EDUCAÇÃO INFANTIL
Como contribuir com essa importante fase de formação da criança

ENSINO FUNDAMENTAL 1
Como acompanhar os primeiros passos da vida escolar de seu filho

ENSINO MÉDIO
Dicas para pais e alunos enfrentarem esta fase de novos desafios

mais lidos

ALFABETIZAÇÃO
11 dicas para ajudar na alfabetização de seu filho

TECNOLOGIA
52 sites que ensinam e divertem a criançada