Educar para Crescer
busca

Educar para crescer

APROVEITAMENTO ESCOLAR

Três dicas para apresentar trabalhos

Veja como se dar bem na hora de fazer trabalhos em grupo e de apresentá-los para a classe


15/05/2012 15:19
Texto Julia Moióli
Recreio
Foto: Fabricio Barreto
Foto: Estimular a participação dos colegas é uma maneira de tornar a apresentação do trabalho mais interessante
Estimular a participação dos colegas é uma maneira de tornar a apresentação do trabalho mais interessante

Quando a professora avisa que o trabalho do bimestre vai ser feito em grupo e deve ser apresentado para a classe toda, é o maior susto. Além do frio na barriga, só de pensar em ficar falando lá na frente, todo mundo já começa a imaginar como vão ser os grupos e na trabalheira de preparar tudo e procurar as informações. O melhor é não entrar em pânico. É importante pensar em cada etapa do trabalho e tentar se organizar antes da apresentação. Um bom resultado depende só do esforço e da dedicação do grupo. Confira algumas dicas para preparar um trabalho legal com sua equipe.

Para ler, clique nos itens abaixo:
Fase 1: organização
Fazer trabalho em grupo é legal, principalmente se você está entre amigos. Nesse caso, só é preciso ficar ligado para não misturar as tarefas com brincadeira. Vocês vão se divertir juntos, mas todo mundo tem de saber a hora de parar e se concentrar.

Pode ser que você tenha de preparar o trabalho com um grupo de pessoas que não conhece muito bem ou mesmo junto com um colega meio chato. Aproveite para fazer novos amigos e nem pense em arrumar confusão. Se ficar brigando ou implicando, logo você é quem vai ser chamado de chato.

Tente se entender com todos e, quando não concordar com a opinião dos colegas, explique seu ponto de vista com calma e respeite a decisão da maioria. Logo na primeira reunião da turma, conversem sobre o assunto do trabalho e dividam as tarefas. É importante que todos pesquisem. Mesmo que um dos integrantes seja fera em desenho, ele não deve ficar encarregado só de cuidar da capa do trabalho. Todos têm de entender o assunto e participar. Resolvido o que cada um vai fazer, marquem as datas de entrega de cada parte.

E se você perceber que há desentendimentos sugira ao pessoal marcar uma conversa com a professora para pedir ajuda na organização.
Fase 2: mãos à obra
Pesquise em livros, enciclopédias, revistas e na internet e faça anotações. Você pode fazer cópias de parte do material ou imprimir o que achar mais legal e sublinhar partes interessantes. Se encontrar informações que possam ajudar outra pessoa do grupo, separe também.

Fique esperto para não pegar informações pouco confiáveis, principalmente na internet. Aposte nas páginas de escolas e universidades (geralmente elas terminam com .edu), organizações não- governamentais (.org) e de órgãos do governo (.gov). Veja também o site da RECREIO. E nem pense em copiar textos da internet e imprimir. Assim você não vai aprender nada e aí nem adianta fazer o trabalho. E se algum colega ou mesmo a professora fizer qualquer pergunta você não vai conseguir responder.

Depois que todos pesquisarem, marquem uma reunião, juntem o material e selecionem o que vão usar para montar o trabalho todo. Combinem um encontro na escola, antes ou depois da aula, ou na casa de alguém. Não se esqueçam de avisar aos pais que estão trabalhando em grupo e peçam a autorizaçãoe a ajuda deles para quetodos possam chegar na hora e local combinados.
Fase 3: na hora H
Conversem sobre a apresentação. É preciso decidir a parte que cada um vai falar e escolher uma maneira de tornar a apresentação interessante. Dependendo do assunto, vocês podem fazer cartazes, levar fotos ou até objetos para mostrar, assim todo mundo vai entender melhor o assunto.

Em algumas escolas, é possível usar programas de computador. Aí vocês podem pedir a orientação de um professor de informática, por exemplo, para preparar uma boa apresentação. Se na sua escola não tiver computador, façam cartazes com desenhos ou fotos. Dependendo do tema, vale planejar uma encenação para fazer a abertura e mostrar o material pesquisado.

No final, peçam que os colegas de sala façam perguntas se tiverem dúvidas. Assim todo mundo participa e aproveita mais a apresentação

 

amigos do educar

 


lição de casa

Crianças que fazem a lição de casa diariamente aprendem mais, têm notas melhores e se tornam mais seguras. Faça a sua parte!



depoimentos

Marina Silva, Martha Medeiros, Nelson Motta e outras personalidades brasileiras revelam o impacto de uma boa Educação no futuro



recomendamos

EDUCAÇÃO INFANTIL
Como contribuir com essa importante fase de formação da criança

ENSINO FUNDAMENTAL 1
Como acompanhar os primeiros passos da vida escolar de seu filho

ENSINO MÉDIO
Dicas para pais e alunos enfrentarem esta fase de novos desafios

mais lidos

ALFABETIZAÇÃO
11 dicas para ajudar na alfabetização de seu filho

TECNOLOGIA
52 sites que ensinam e divertem a criançada