Educar para Crescer
busca

Educar para crescer

SOCIOLOGIA

Por que a Sociologia é importante?

O ensino da Sociologia, é obrigatório para o Ensino Médio desde 2008. Mas especialistas garantem que ela é fundamental também para crianças


01/03/2013 18:14
Texto Ligia Menezes
Educar
Foto: Claudia Marianno
Foto: A socilogia pode ser de grande ajuda à formação de jovens e crianças, saiba mais sobre essa matéria
A socilogia pode ser de grande ajuda à formação de jovens e crianças, saiba mais sobre essa matéria

Por que as pessoas pensam e agem de forma tão diferente umas das outras? Por que algumas têm muito dinheiro, enquanto outras dormem nas ruas? Por que o que parece certo para uma é totalmente errado para outra? Toda criança já questionou algo do tipo para os pais. É comum os pequenos terem dúvidas sobre a sociedade em que vivem. Pois a Sociologia tem o objetivo de responder essas questões e ensinar o funcionamento das interações pessoais. "Diferentemente da Psicologia, que estuda o individuo, a Filosofia, que explica as ideias e o conhecimento, a Sociologia observa a sociedade agindo sobre as pessoas e as instituições, buscando apontar na sua dinâmica, contradições e regularidades", ensina o sociólogo Mario Miranda Antonio Junior, da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP).

1808 Especial Matérias Curriculares
Veja por que as matérias obrigatórias da escola são essenciais para a formação do seu filho!

 
Não é à toa que, desde 2008, a matéria não é considerada mais extracurricular . Pelo contrário, há três anos foi aprovada a lei 11.684, que obriga o ensino de Sociologia no Ensino Médio em todas as escolas brasileiras. "Muitas ministram o curso com outro nome, como Ação e Cidadania, porém, o conteúdo é bem próximo ao das Ciências Sociais", diz o cientista social Rafael Araújo, coordenador da Escola de Sociologia e Polí tica de São Paulo e professor da PUC-SP.

É preciso ficar atento pois muitas escolas enxergam a matéria como um custo desnecessário. "Há aquelas escolas, por exemplo, que entregam as aulas nas mãos de professores de outras disciplinas, que não têm formação em sociologia, para não precisarem contratar mais gente", aponta Roberto Ravena Vicente, sociólogo e professor da matéria no colégio Ítaca, em São Paulo.

Tire suas dúvidas sobre a importância dessa matéria para as crianças:
Para ler, clique nos itens abaixo:

Para ler, clique nos itens abaixo:
O que é a Sociologia?
É a ciência que estuda a sociedade e as regras de seu funcionamento. "Ela avalia a interação entre os indivíduos e seus desdobramentos na formação de grupos, associações e instituições", diz o cientista social Rafael Araújo, coordenador da Escola de Sociologia e Polí tica de São Paulo e professor da PUC-SP.
Estudar Sociologia é importante?
Como a maioria das escolas não oferece aulas de sociologia para os Ensinos Infantil e Fundamental, a participação dos pais deve ser dobrada. As noções da matéria devem ser introduzidas desde a alfabetização dos pequenos, de forma bem sutil, com noções de cidadania, ensinamentos sobre as regras de trânsito e respeito ao próximo.

"Esses são temas que interessam à sociologia e que podem ser debatidas com crianças ainda muito jovens", diz o cientista social Rafael Araújo. A complexidade desses conhecimentos deve ser aumentada com o passar do tempo. Muitas escolas passam esses ensinamentos por meio da disciplina de Estudos Sociais, importantíssima na opinião dos especialistas.

"Aos poucos, a criança conseguirá entender a sociedade e começará a pensar sobre ela, sobre situações cotidianas de exclusão, privação ou conflitos que causam inquietação, insegurança e estranhamente", completa o sociólogo Mario Miranda Antonio Junior, da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP).
O ensino da Sociologia é essencial às crianças?
Sim. A sociologia desenvolve o ‘espírito de cooperação’, incentiva a responsabilidade e o cuidado com o mundo de forma consciente. "Com a sociologia, a criança aprende a conviver em grupos e desenvolve senso de responsabilidade pelo outro e pelo espaço, além de compreender a importância de regras", cita o cientista social Rafael Araújo. Dessa maneira, vai aprendendo a ser cidadã.
Qual é a importância da Sociologia para adolescentes?
Para os adolescentes, a Sociologia é importante para compreender como é possí vel existirem tantas pessoas diferentes, com perspectivas e vontades distintas e mais, como elas conseguem conviver juntas no mesmo espaço.

A adolescência é um período de transformações físicas e psicológicas, onde surgem muitos questionamentos e conflitos. "Entendendo a dinâmica da sociedade e sua importância enquanto individuo, fica mais fácil situar-se e ajustar-se", explica o sociólogo Mario Miranda Antonio Junior. Além disso, a sociologia permite ao jovem dosar sua liberdade de ação e compreender sua importância e a necessidade de colaborar com as pessoas.
Por que seu ensino não era obrigatório antes de 2008?
Durante o período militar, as disciplinas de Sociologia e Filosofia foram excluídas do currículo escolar, devido à censura. Depois, foram voltando gradativamente, até que em 2008, foi aprovada a lei 11.684, que torna obrigatória sua prática para o Ensino Médio.
Como são as aulas de Sociologia nas escolas?
Depende de cada escola. O ensino da Sociologia não precisa ser interativo nem exigir debates em sala, por exemplo. Ele pode trabalhar conceitos, como em uma aula de História. Pode ainda trazer esses conceitos para o presente, exemplificando com o próprio cotidiano dos alunos. Tudo vai depender do professor e claro, da maturidade dos alunos em sala.

Para o professor Roberto Ravena Vicente, do colégio Ítaca, achar que a aula de Sociologia deve ser mais dialogada do que as outras é um engano muito comum. "Acontece que, diferentemente de outras áreas, nós trabalhamos com temas que os alunos já têm opiniões e ideias prévias. Daí a opção de muitos professores em valorizar as ideias como forma de motivar os alunos e incentivar sua participação. O desafio, nesse caso, é não ficar no senso comum", diz.

Não é preciso florear ou usar artifícios para que os estudantes entendam a matéria. Claro que há um enfrentamento dos textos, que são complexos, mas os alunos dão conta, avisa Roberto. "Principalmente quando percebem a relação direta com a sociedade em que vivem", conta.
Quais são as vantagens de aprender Sociologia na escola e não apenas na faculdade?
- Desenvolve o senso crítico em relação à sociedade e a autocrítica; - Instiga o jovem a questionar informações, pois desperta a curiosidade; - Mostra o que é espaço público e o que é privado; - Possibilita a compreensão de como funcionam os grupos e a dinâmica de inclusão e exclusão; - Ensina a respeitar o diferente, a aceitar culturas e realidades distintas; - Afasta o estudante do senso comum, capacitando-o a formar ideias de qualidade sobre o mundo e sobre a própria vida.
Sociologia cai no vestibular?
Sociologia não costuma cair no vestibular do estado de São Paulo, porém, para muitas faculdades tradicionais - públicas e privadas - do país, questões da matéria são exigidas. No Enem , ela também está presente. Por isso, os especialistas não hesitam em dizer que estudar sociologia pode ajudar o vestibulando, sim. Entenda: as leituras obrigatórias da sociologia e as discussões que ela inclui só têm a colaborar para o bom desempenho do aluno no vestibular. "Se eles vão escrever sobre cotas raciais, que é um tema bem próximo a eles. Graças à sociologia, eles sabem a diferença conceitual que existe entre raça e etnia ou entre preconceito e discriminação", diz o professor Roberto Ravena Vicente.

 

amigos do educar

 


lição de casa

Crianças que fazem a lição de casa diariamente aprendem mais, têm notas melhores e se tornam mais seguras. Faça a sua parte!



depoimentos

Marina Silva, Martha Medeiros, Nelson Motta e outras personalidades brasileiras revelam o impacto de uma boa Educação no futuro



recomendamos

EDUCAÇÃO INFANTIL
Como contribuir com essa importante fase de formação da criança

ENSINO FUNDAMENTAL 1
Como acompanhar os primeiros passos da vida escolar de seu filho

ENSINO MÉDIO
Dicas para pais e alunos enfrentarem esta fase de novos desafios

mais lidos

ALFABETIZAÇÃO
11 dicas para ajudar na alfabetização de seu filho

TECNOLOGIA
52 sites que ensinam e divertem a criançada