Educar para Crescer
busca

Educar para crescer

VOLTA ÀS AULAS

Professor: prazer em conhecê-lo!

No início do ano letivo, converse com os responsáveis pelo aprendizado de seu filho e dê o primeiro passo rumo a uma relação de confiança mútua


20/01/2015 15:39
Texto Cynthia Costa
Educar
Foto: Aline Casassa
Foto: Pais e professores devem ser aliados na Educação das crianças e jovens!
Pais e professores devem ser aliados na Educação das crianças e jovens!

O professor terá um papel central na vida de seu filho durante este ano e é possível que fique em sua memória por toda a vida. Conhecer bem o professor de seu filho e vê-lo como um aliado na educação é uma tarefa vantajosa para todos os envolvidos e que começa com as aulas, na primeira reunião - caso não haja um encontro oficial, cabe a você marcá-lo.

Volta às AulasEspecial Volta às Aulas
Confira reportagens especiais para ajudar seu filho a iniciar o ano letivo com o pé direito!
Não se esqueça, ainda, de que o professor está ansioso para conhecer os alunos e seus pais nesse início de ciclo. "Assim como ele é uma figura nova na vida de cada família, as crianças também são novas para ele", observa a coordenadora Viviane Morotti Sousa Castro, que coordena a Educação Infantil e o Fundamental I do Colégio Objetivo - Unidade Embaré de Santos (SP), completando: "Humanizando essas relações, tudo fica mais fácil".

Um começo de relação sólido evita futuros desentendimentos. Pais e professores que não entram em um acordo sobre as provas e a lição de casa, por exemplo, são uma receita para o desastre, sobretudo nos primeiros anos de vida escolar da criança - e, o pior, a grande prejudicada nessa história é a criança mesma.

"Se os pais não confiam em nosso trabalho, é garantia de que haverá problemas ao longo do ano", alerta a professora Maria Aparecida de Paula Vieira Freitas, do Fundamental I da EMEF Alceu Amoroso Lima, de São Paulo. "É preciso ver o pai como um amigo, um aliado. E vice-versa", aconselha.

Com a ajuda dessas educadoras, sugerimos alguns tópicos que não podem ficar de fora das primeiras conversas com o professor de seu filho.

Para ler, clique nos itens abaixo:
1) Veja como será feita a comunicação escola-família
Veja com o professor como será feita a comunicação entre vocês durante o ano. Em muitas escolas, é usado o caderno de recados, por meio do qual pais e mestres resolvem suas dúvidas no dia a dia. Hoje em dia, porém, às vezes também é usado o e-mail. Questione, ainda, se é preciso passar pelo coordenador ou diretor antes de se comunicar diretamente com o professor. O importante é que você consiga acessar os titulares da sala de aula de seu filho facilmente.
2) Passe o histórico de seu filho
Caso o seu filho já tenha apresentado dificuldades de aprendizado ou problemas de comportamento anteriores, é interessante conversar com o professor ou o coordenador sobre isso. Assim, eles ficarão atentos a esse aspecto e darão a assistência necessária para que a criança desenvolva seu aprendizado sem grandes intercorrências. "Às vezes, o pai pensa que a história do ano passado se repetirá. Mas é importante entender que, com um novo professor, a criança pode reagir de maneira diferente", ressalta a professora Cidinha (como é conhecida), da EMEF Alceu Amoroso Lima, de São Paulo.
3) Acompanhe a lição de casa
Dessa você deve participar ativamente - acompanhando possíveis dificuldades de seu filho em casa e ajudando-o a organizar os horários. Saiba do professor como serão essas atividades, em que quantidade costumam ser mandadas e com qual objetivo. Será mais fácil fazer o acompanhamento tendo essas informações de antemão.
4) Não esconda a situação familiar
O irmão mais velho é quem busca a criança na escola? Um pai pode retirá-la na saída, mas o outro não, devido a uma batalha na justiça? É imprescindível que os professores saibam como é a situação da família, para que saibam lidar com intercorrências no dia a dia do aluno.
5) Pergunte o que precisar sobre a metodologia
Os métodos de ensino e aprendizado mudaram muito desde que você, pai, estava na escola. A alfabetização, por exemplo, antes feita quase sempre pelo método fonético, hoje se baseia, na maior parte das vezes, na aprendizagem construtivista - nada de ba-be-bi-bo-bu, nem x de xícara (lembra-se das cartilhas?). "Os pais podem ter dificuldade de entender a metodologia e, por isso, não confiar nela. O professor deve ter a oportunidade de explicar como funciona e sanar suas maiores dúvidas", defende a professora Cidinha.

 

amigos do educar

 


lição de casa

Crianças que fazem a lição de casa diariamente aprendem mais, têm notas melhores e se tornam mais seguras. Faça a sua parte!



depoimentos

Marina Silva, Martha Medeiros, Nelson Motta e outras personalidades brasileiras revelam o impacto de uma boa Educação no futuro



recomendamos

EDUCAÇÃO INFANTIL
Como contribuir com essa importante fase de formação da criança

ENSINO FUNDAMENTAL 1
Como acompanhar os primeiros passos da vida escolar de seu filho

ENSINO MÉDIO
Dicas para pais e alunos enfrentarem esta fase de novos desafios

mais lidos

ALFABETIZAÇÃO
11 dicas para ajudar na alfabetização de seu filho

TECNOLOGIA
52 sites que ensinam e divertem a criançada