Educar para Crescer
busca

Educar para crescer

DEPOIMENTOS

Leandro Narloch: "Sem Educação, eu não teria capacidade de questionar ideias prontas"

Uma das coisas que o escritor mais gosta de fazer é ir contra discursos repetidos


13/06/2014 17:19
Educar
Foto: Leandro Narloch acredita que algumas séries e programas de TV fornecem mais conhecimento que muitos livros
Leandro Narloch acredita que algumas séries e programas de TV fornecem mais conhecimento que muitos livros

Um amigo meu desenvolveu um método interessante para acabar com conversas desagradáveis. Quando, por exemplo, um taxista o escolhe como vítima para ouvir uma desabalada defesa da extinção dos motoboys ou do fim da faixa de pedestres, o meu amigo resolve falar uma barbaridade ainda maior, uma barbaridade grande o suficiente para o taxista acreditar que está conversando com um maluco e, portanto, é melhor ficar quieto, seguir o caminho e terminar logo a corrida. Sua atrocidade intelectual preferida é defender as desvantagens da Educação. "Quanto mais educado um povo, pior ele vota", diz o meu xará. "Veja o caso da Itália - o Berlusconi está no poder há 20 anos! Do mesmo modo, quanto mais educado um povo, menos ele cresce. Estão aí os bem educados japoneses, gregos e espanhóis como prova."

A teoria, claro, não passa de uma brincadeira. Mas tem o poder de sugerir que há muitos lugares-comuns sobre a importância da Educação. Eu mesmo tenho minhas dúvidas. Cansado de tantos louvores à leitura, acredito que algumas séries e programas de TV fornecem mais conhecimento que muitos livros. Também morro de medo de pessoas bem educadas que querem mudar o mundo, aquelas cheias de "ideias tiradas de livros e com o coração exasperado por teorias", como Raskólnikov, o jovem protagonista de Dostoievski. Por fim, concordo que melhores níveis educacionais facilitam o crescimento da economia e a redução da miséria, mas acredito ainda mais no fenômeno contrário: é o crescimento da economia que faz as pessoas terem meios de sanar deficiências educacionais e dar aos filhos uma Educação melhor. 

Uma das coisas que eu mais gosto de fazer é isso - ir contra discursos repetidos. Como agora: bem aqui, numa campanha em prol da melhoria das escolas brasileiras, esboçar suspeitas sobre a importância do aprendizado. Mas eis aí a grande ironia. Sem Educação, sem boas escolas, bons livros e professores, eu não teria capacidade nem segurança para questionar ideias prontas.

Leandro Narloch é jornalista e escritor. Formado pela Universidade Federal do Paraná, ele já trabalhou em SUPERINTERESSANTE, VEJA e é autor do Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil e do Guia Politicamente Incorreto da América Latina.


 

amigos do educar

 


lição de casa

Crianças que fazem a lição de casa diariamente aprendem mais, têm notas melhores e se tornam mais seguras. Faça a sua parte!



depoimentos

Marina Silva, Martha Medeiros, Nelson Motta e outras personalidades brasileiras revelam o impacto de uma boa Educação no futuro



recomendamos

EDUCAÇÃO INFANTIL
Como contribuir com essa importante fase de formação da criança

ENSINO FUNDAMENTAL 1
Como acompanhar os primeiros passos da vida escolar de seu filho

ENSINO MÉDIO
Dicas para pais e alunos enfrentarem esta fase de novos desafios

mais lidos

ALFABETIZAÇÃO
11 dicas para ajudar na alfabetização de seu filho

TECNOLOGIA
52 sites que ensinam e divertem a criançada