Educar para Crescer
busca

Educar para crescer

PROVA BRASIL

Guia da Prova Brasil

Entenda como funciona a prova que avalia o sistema educacional de todo o país


17/10/2013 15:24
Texto Thaís Romanelli
Educar
Foto: Dreamstime
Foto: prova
A última edição da Prova Brasil aconteceu em novembro de 2011

A Prova Brasil é uma avaliação do sistema público de ensino do país. Realizada por amostragem com alunos de de 5° e 9° ano do Ensino Fundamental e do 3º ano do Ensino Fundamental de escolas públicas urbanas e rurais que tenham pelo menos 20 alunos por série, a prova medirá os conhecimentos dos estudantes em leitura e resolução de problemas, além de ciências para as turmas do 9º ano do Ensino Fundamental e do 3º ano do Ensino Médio.

O intuito, porém, não é avaliar apenas o aluno e sim utilizar os resultados obtidos para promover um diagnóstico da situação do ensino no país, já que os dados coletados na prova são usados para calcular o Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica). "O objetivo da Prova Brasil é avaliar como anda o direito de aprender dos alunos em cada escola, município, estado e no País", explica Maria do Pilar Lacerda Almeida e Silva, secretária de Educação Básica do MEC em 2009.

Para ela, a prova tem uma importância de caráter nacional. "Reunindo os níveis de aprendizagem das escolas do município teremos um álbum da rede de ensino, e assim por diante, até termos um grande retrato da educação brasileira. Nesse grande retrato cada personagem é muito importante", diz.

Além de avaliar a situação das redes de ensino brasileiras, fazendo um balanço da situação educacional no país, a Prova Brasil tem outra função: nortear decisões administrativas e pedagógicas nas escolas. "De acordo com os resultados, os educadores podem rever suas metodologias de ensino em busca da melhoria da aprendizagem de seus alunos", diz Maria do Pilar.


Neste ano, acontece a quinta edição da Prova Brasil, entre os dias 11 e 21 de novembro. "É muito importante que todos participem, pois reunindo os níveis de aprendizagem atingidos pelos alunos de uma determinada escola, teremos uma fotografia do ensino-aprendizagem da instituição", completa a ex- secretária .

A seguir, saiba o que é a Prova Brasil, como ela é feita e porque é importante estimular seu filho a fazê-la.

Para ler, clique nos itens abaixo:
1. O que é?
A Prova Brasil é um exame que busca avaliar o sistema público de ensino do país. Criada em 2005 para complementar a avaliação proposta pelo Saeb (Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica), desde 2009, a prova abrange escolas da zona rural do Brasil. Na avaliação, os estudantes testam seus conhecimentos em matemática e língua portuguesa. Neste ano, a disciplina de ciências foi incluida para as turmas do 9º ano do Ensino Fundamental e do 3º ano do Ensino Médio.
2. Qual é o objetivo da prova?
O intuito é avaliar e conhecer o sistema educacional brasileiro com profundidade. "A Prova Brasil possui um grande objetivo: avaliar como anda o direito de aprender dos alunos em cada escola, município, estado e no País", explica Maria do Pilar Lacerda Almeida e Silva, secretária de Educação Básica do MEC em 2009. A prova é aplicada em alunos do 5º e 9º ano do Ensino Fundamental e do e do 3º ano do Ensino Médio de escolas públicas rurais e urbanas de todo o Brasil, que tenham mais de 20 anos por série.
3. Como é feita a prova?
As questões são elaboradas com base nas propostas curriculares estaduais e municipais e nos Parâmetros Curriculares Nacionais, PCNs, (diretrizes elaboradas por disciplina pelo Governo Federal para orientar o conteúdo trabalhado nas escolas do país). A prova é dividida em dois blocos de cada disciplina e um terceiro de ciências, no caso dos alunos do 9º ano do Ensino Fundamental e do 3º ano do Ensino Médio.

Para definir o conteúdo das questões, especialistas de cada área as formulam e classificam por grau de complexidade com base no raciocínio dos próprios alunos, que por amostragem são selecionados para testar a prova. A partir disso, um conselho verifica como cada item cobrado na questão é resolvido pelos estudantes, eliminando as que têm possibilidade de acerto por chute e atribuindo uma nota de 0 a 500 para cada uma delas.

De acordo com o Departamento de Avaliação da Educação Básica do Inep, cerca de 60% das perguntas são classificadas como nível médio, o restante se divide entre fáceis e difíceis.
4. O que é avaliado?
Ao contrário do que muitos pensam, a Prova Brasil não se preocupa em avaliar o aluno individualmente, e sim o sistema de ensino de cada escola, promovendo um balanço da situação educacional no país. A prova, aplicada em alunos do primeiro e último ano do Ensino Fundamental, não engloba todo o conteúdo do currículo escolar, mas sim as competências que alunos das faixas etárias em questão devem dominar.

"É muito importante que todos participem, pois reunindo os níveis de aprendizagem atingidos pelos alunos de uma determinada escola, teremos uma fotografia do ensino-aprendizagem da escola", explica Maria do Pilar, que ratifica a importância da prova também em escala nacional. "Posteriormente, reunindo os níveis de aprendizagem das escolas do município teremos um álbum da rede de ensino, e assim por diante, até termos um grande retrato da educação brasileira", completa.

Até então, os alunos eram avaliados em duas competências: a de leitura e interpretação de textos e a resolução de problemas matemáticos. Enquanto a prova de matemática foca competências relacionadas a tratamento da informação, grandezas, medidas, espaço, forma, números e operações, a prova de língua portuguesa visa avaliar o aluno no que diz respeito à capacidade de leitura, absorção, interpretação e crítica.

Nestea no, porem, foi incluida a avaliação da disciplina de ciências para os alunos do 9º ano do Ensino Fundamental e do 3º ano do Ensino Médio.

De acordo com portaria divulgada pelo Instituto de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela elaboração e aplicação da prova, a aplicação dos testes dessa disciplina terá "caráter experimental", com o objetivo de validar as matrizes propostas - ainda não divulgadas pelo órgão.
5. Como a prova é aplicada?
Todos os alunos, selecionados por amostragem, do 5º e 9º ano do Ensino Fundamental do 3º ano do Ensino Médio de escolas públicas devem fazer a prova. O estudante tem duas horas e meia para realizá-la.

No caso da prova de matemática, serão avaliadas as habilidades de resolver problemas em quatro temas: espaço e forma, números e operações, grandezas e medidas e tratamento da informação.

Já na avaliação de protuguês, o aluno terá que mostrar habilidades de questões ligadas a procedimentos de leitura, implicação do suporte, do gênero e/ou do enunciador na compreensão do texto, 
relação entre textos, coerência e coesão no processamento do texto, relações entre recursos expressivos e efeitos de sentido e
variação linguística.

A prova de ciências, que não será aplicada apenas nos alunos do 5º do Ensino Fundamental, sera realizada em caráter experiental e seu conteúdo ainda não foi divulgado pelo Instituto de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).
6. Qual é a diferença entre o Saeb e a Prova Brasil?
Em 1990 foi criade Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica o Saeb para medir o nível de aprendizagem dos estudantes das escolas públicas e privadas, com isso, garantir a qualidade da educação.

Realizado a cada dois anos, foi a primeira iniciativa, em escala nacional, para se conhecer o sistema educacional brasileiro em profundidade.

Entretanto, com o tempo ficou clara a insuficiência da avaliação, já que faltava uma análise mais detalhada do sistema, que oferecesse dados municipais e específicos de cada escola.

Assim, em 2005 foi criada a Prova Brasil, como forma de complementar a avaliação do Saeb. Esta, porém, avalia apenas os alunos da rede pública, já que as privadas não constituem uma rede de ensino.

Desde então o Saeb foi reestruturado, passando a ser composto por duas avaliações, ambas aplicadas de uma só vez: Avaliação Nacional da Educação Básica (Aneb) e Avaliação Nacional do Rendimento Escolar (Anresc), conhecida como Prova Brasil.

Enquanto a Aneb manteve as características de avaliação amostral da educação básica nas redes públicas e privadas, a Prova Brasil tem a característica censitária para as escolas que atendam aos critérios de quantidade mínima de estudantes.
7. Para quem vai prestar a prova
O Ministério da Educação (MEC) e o Inep elaboraram uma listagem de habilidades para auxiliar aqueles que farão a prova. Divididas por disciplina e faixa etária, as listas estão disponíveis no site oficial da prova. Para a disciplina de matemática serão avaliadas 28 competências, separadas em 4 assuntos, para alunos de 5º ano. Já para os estudantes do 9º ano, serão 37 itens. Em língua portuguesa, 6 temas centrais direcionarão a prova. Subdivididos em 15 itens para o 5º ano e 21 para o 9º ano. Vale a pena conferir o que será cobrado na prova!

Além disso, os alunos podem encontrar no site simulados e modelos nos mesmos moldes da prova também no site do Inep.
8. Qual é o papel dos professores?
Incentivar os alunos e ressaltar a importância da prova é essencial, porém não é o suficiente. Para Maria do Pilar, os resultados da Prova Brasil podem ser um grande aliado dos professores. "Em cada escola os profissionais de ensino têm a oportunidade de articular seus resultados com os das avaliações por eles produzidas em sala de aula. Essa articulação ajuda o professor a reorientar suas intervenções pedagógicas em busca da melhoria das aprendizagens das crianças, jovens e adolescentes", diz.

Além disso, antes mesmo da prova, os professores e gestores podem conferir a lista de descritores exigidos e assim tentar reforçar algum conteúdo que possivelmente esteja defasado.
9. Qual é o papel dos pais?
Cabe a eles incentivar os filhos a fazer a prova e a estudar durante todo o ano também. Apesar de não entrar no boletim, é importante que fique claro aos pais e alunos que esse é um método de avaliar o sistema de ensino brasileiro e não os alunos individualmente, exatamente por isso, a participação de cada um torna-se essencial para compor os resultados totais.

Explique a ele que, com a Prova Brasil e com o Saeb, ele vai ganhar coisa mais importante que pontos no boletim: vai contribuir para a melhoria da educação pública nacional. E vai ser beneficiado diretamente com isso.

Além disso, verificar as notas da escola do seu filho, da sua cidade e cobrar melhorias das autoridades e gestores também é muito importante. Só assim melhorias efetivas podem acontecer.
10. Como a nota da Prova Brasil é calculada?
Como o intuito das provas não é o de avaliar os alunos, não são apresentados boletins individuais de desempenho para a Prova Brasil e Saeb. As notas serão dadas às escolas, às redes (municipal, estadual e federal) e aos sistemas (público e privado).

As notas da Prova Brasil e do Saeb vão de 0 a 500. Os alunos são distribuídos em 4 níveis em uma escala de proficiência: Insuficiente, Básico, Proficiente e Avançado. Para o 5º ano do Ensino Fundamental, os alunos nos níveis proficiente e avançado são aqueles que obtiveram desempenho igual ou superior a 200 pontos em Português e 225 pontos em Matemática. Para o 9º ano do Ensino Fundamental, os alunos nos níveis proficiente e avançado são aqueles que obtiveram desempenho igual ou superior a 275 em Português e 300 pontos em Matemática.

Cada escola participante recebe um material com sua nota, a nota média do município, do estado e do país. Esse material traz também a explicação do significado da nota alcançada: ou seja, o que a média dos alunos sabe e o que ainda precisa aprender.
11. Qual é a importância da prova?
A partir dos resultados de cada aluno, as notas são divulgadas por estado, município e escola, possibilitando o MEC e as secretarias estaduais e municipais de Educação a traçar metas e ações voltadas para a melhoria da qualidade da educação.

"Para os gestores, medições como a Prova Brasil tornam possíveis leituras da situação educacional de cada escola, municípios e estado. A partir disso, eles podem tomar decisões políticas, pedagógicas, administrativas e financeiras mais eficazes para promover a melhoria da qualidade da educação", ratifica a secretária de Educação Básica do MEC.

É importante lembrar que a partir da avaliação dos resultados, da investigação do percentual de alunos que estão em cada nível de aprendizagem, as escolas podem estabelecer metas de aprendizagens e traçar estratégias para que todos os alunos tenham garantido o seu direito de aprender. "Nesse grande retrato cada personagem é muito importante, cada aluno faz a diferença", completa a secretária de Educação Básica do MEC.
12. Para que serve a prova?
A prova serve essencialmente para avaliar a situação da educação do país. Após a correção e análise por escola, município, estado e de um panorama geral do Brasil é possível traçar metas e melhorias para cada caso.

"O Ministério da Educação identifica, através do Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) - composto entre outras avaliações, pela Prova Brasil -, os municípios e as escolas que apresentam menores desempenho e estabelece políticas de apoio a eles", explica Maria do Pilar.

Após as últimas edições das provas, foram desenvolvidos mecanismos como por exemplo o PAR (Plano de Ações Articuladas) e o PDE (Plano de Desenvolvimento da Escola), elaborados nos âmbitos dos municípios e das escolas, respectivamente, como os próprios nomes explicitam.

"O PDE é uma ferramenta de apoio à gestão escolar por meio da qual as escolas, com menores IDEBS, identificam suas principais dificuldades e elaboram um Plano de Ação, com a fixação de metas. Para as escolas priorizadas, o MEC transfere recursos destinados à implementação das ações definidas.

 

amigos do educar

 


lição de casa

Crianças que fazem a lição de casa diariamente aprendem mais, têm notas melhores e se tornam mais seguras. Faça a sua parte!



depoimentos

Marina Silva, Martha Medeiros, Nelson Motta e outras personalidades brasileiras revelam o impacto de uma boa Educação no futuro



recomendamos

EDUCAÇÃO INFANTIL
Como contribuir com essa importante fase de formação da criança

ENSINO FUNDAMENTAL 1
Como acompanhar os primeiros passos da vida escolar de seu filho

ENSINO MÉDIO
Dicas para pais e alunos enfrentarem esta fase de novos desafios

mais lidos

ALFABETIZAÇÃO
11 dicas para ajudar na alfabetização de seu filho

TECNOLOGIA
52 sites que ensinam e divertem a criançada