Educar para Crescer
busca

Educar para crescer

Encceja

Tire suas dúvidas sobre o Encceja

Prazo, documentos, requisitos e outras informações que você precisa saber para se inscrever no Encceja


25/05/2014 19:14
Texto Redação Educar
Educar
Foto: Stock
Foto: educação de adultos
A prova mede conhecimentos de jovens e adultos que não tiveram acesso ao ensino regular na idade própria
----- PAGINA 01 -----

A prova do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) tem como objetivo avaliar as habilidades e competências de jovens e adultos que não tiveram a oportunidade de frequentar a escola na idade regular. O participante se submete à prova e, alcançando a média mínima exigida (100, de uma escala que vai de 60 a 180), obtém a certificação de conclusão do Ensino Fundamental.

A certificação para o ensino médio passou a ser feita pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), em dezembro de 2009. 

Se você ainda não sabe tudo sobre a prova e a inscrição, confira abaixo as respostas a algumas das principais dúvidas de quem vai prestar o Encceja.

Para ler, clique nos itens abaixo:
1. Como será a prova?
As provas contemplam as áreas básicas do conhecimento, sendo elas: Prova I - Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna (Inglês), Artes, Educação Física e Redação; Prova II - Matemática; Prova III - História e Geografia, e Prova IV - Ciências Naturais. Serão 30 itens de múltipla escolha para cada uma das áreas, além de uma proposta de temas para a redação.
2. Quem pode fazer o Encceja?
A participação no Encceja é voluntária. O exame tem o objetivo de aferir competências e habilidades de jovens e adultos, no nível de conclusão do ensino fundamental, que não tiveram acesso ao ensino regular na idade própria. O participante faz a prova e, atingindo a pontuação mínima exigida, é aprovado e certificado na proficiência do ensino fundamental. A idade mínima exigida para o Encceja nesse nível de ensino é de 15 anos, completos até o dia da prova. Lembrando que os interessados em uma certificação de conclusão do ensino médio devem prestar o Enem.
3. O que fazer no dia da prova?
O interessado deverá chegar ao local de prova com, no mínimo, uma hora de antecedência, sendo que os portões serão abertos 15 minutos antes. Não será permitida a entrada após o início das provas.
4. Quem já fez a prova e não passou pode fazer de novo?
Aqueles que realizaram inscrição nos anos anteriores e não obtiveram média para eliminação da área de conhecimento poderão inscrever-se novamente, eliminando a matéria desejada. O Inep mantém em sua base de dados todos os resultados individuais dos participantes, disponibilizando-os às redes de ensino para garantir o processo de certificação.
5. Que documentos são necessários para a inscrição?
Os participantes devem ter em mãos no momento da inscrição, obrigatoriamente, o número do CPF e da identidade expedida pela Secretaria de Segurança Pública, Forças Armadas, Polícia Militar e Polícia Federal; ou o número da cédula de identidade para estrangeiros, expedida pelo Ministério das Relações Exteriores; ou o número da cédula de identidade fornecida por ordens ou conselhos de classes que, por Lei, valham como documento de identidade.
6. O que é preciso levar no dia da prova?
No dia da prova, o interessado deverá levar um dos documentos com foto citados acima, podendo também levar a Carteira de Trabalho e Previdência Social (com foto). Não serão aceitos documentos como Certidão de Nascimento, de Casamento, Título de Eleitor, CNH sem foto, carteirinha de estudante, crachás funcionais de natureza pública e particular, documentos ilegíveis, não-identificáveis e/ou danificados, bem como cópia autenticada desses. Se no momento da prova o inscrito estiver impossibilitado de apresentar um dos documentos exigidos por motivo de extravio, perda ou roubo, poderá fazer a prova, desde que apresente o Boletim de Ocorrência expedido em órgão policial, com prazo máximo de 90 dias, tendo que se submeter à coleta de informações, assinatura e impressão digital em formulário próprio.
7. Qual é o procedimento para quem tem necessidades especiais?
Os candidatos que possuem algum tipo de necessidade especial deverão declarar, obrigatoriamente, no ato da inscrição a sua limitação, como condição para receber o atendimento apropriado.
8. E quem estiver amamentando?
A participante que precisar amamentar deve fazer a solicitação pelos Correios. A mulher deverá, ainda, levar um acompanhante responsável pela guarda da criança no dia da realização do exame.
9. Detentos podem fazer a prova?
Os detentos e/ou internos que estejam matriculados em programas especiais de educação em unidades prisionais e/ou unidades hospitalares farão a prova nos locais de detenção ou internação em que se encontram, mediante um termo de compromisso firmado entre o Inep e o programa, devendo sua coordenação solicitar formalmente à autarquia o formulário do termo e enviá-lo em duas vias.
10. Onde será realizada a prova?
O local de prova será informado ao candidato no cartão de confirmação de inscrições, assim como o dia, o horário da prova, o número de inscrição, a senha de acesso aos resultados individuais, o cartão-resposta e o questionário socioeconômico. O cartão de confirmação de inscrições será enviado ao endereço informado no ato do preenchimento do formulário. Caso o candidato não receba a confirmação de inscrição, deverá entrar em contato com o 'Fala, Brasil' pelo telefone 0800 61 61 61 ou acessar a página do Encceja (http://www.encceja.inep.gov.br/consulta). Não será permitida a mudança de local de prova nem de município de opção do participante, informados no ato da inscrição.
11. Em caso de aprovação, onde retirar o certificado de conclusão?
Os boletins individuais de desempenho e a divulgação dos resultados são de responsabilidade do Inep. Os resultados serão disponibilizados para as secretarias de Educação, que deverão confeccionar e fornecer os certificados de conclusão dos participantes.

 

amigos do educar

 


lição de casa

Crianças que fazem a lição de casa diariamente aprendem mais, têm notas melhores e se tornam mais seguras. Faça a sua parte!



depoimentos

Marina Silva, Martha Medeiros, Nelson Motta e outras personalidades brasileiras revelam o impacto de uma boa Educação no futuro



recomendamos

EDUCAÇÃO INFANTIL
Como contribuir com essa importante fase de formação da criança

ENSINO FUNDAMENTAL 1
Como acompanhar os primeiros passos da vida escolar de seu filho

ENSINO MÉDIO
Dicas para pais e alunos enfrentarem esta fase de novos desafios

mais lidos

ALFABETIZAÇÃO
11 dicas para ajudar na alfabetização de seu filho

TECNOLOGIA
52 sites que ensinam e divertem a criançada