Educar para Crescer
busca

Educar para crescer

PROJETOS

Pequenos a bordo

Projetos que trabalham com crianças da pré-escola despertam o prazer da leitura ainda na fase da alfabetização


Nova-Escola

01/06/2008 12:36

Texto
Flávia Ribeiro

Foto: Eduardo Marques
Foto: Barca dos Livros

Crianças na "Barca dos Livros"

----- PAGINA 01 -----
----- PAGINA 02 -----
----- PAGINA 03 -----
----- PAGINA 04 -----
----- PAGINA 05 -----
----- PAGINA 06 -----

Projeto Vitrine, São Paulo, capital

Na cidade de São Paulo, uma livraria usa a literatura como ponto de partida para diversas outras formas de manifestar a criatividade. É o Projeto Vitrine, iniciativa de Denize Carvalho, dona da livraria Casa de Livros. Há sete anos, quando promovia uma feira de livros, encantou-se com uma reprodução do Abaporu – o famoso quadro modernista de Tarsila do Amaral – feita por crianças e pediu a ilustração emprestada para enfeitar a vitrine de sua livraria. 

Nascia assim o projeto, no qual colégios particulares e públicos se inscrevem, escolhem um livro e trabalham com ele em sala de aula por um mês. Com base no que absorve da história, a garotada produz arte, que fica exposta na vitrine da Casa dos Livros durante uma semana. Aos sábados, uma grande festa é realizada para inaugurar a vitrine nova. "Além das crianças e dos professores, participam pais, coordenadores da escola, o autor do livro trabalhado e um contador de histórias. Também fazemos atividades com música ou teatro", conta Denize. 

O projeto agradou tanto que, em sete anos, a vitrine já mudou mais de 300 vezes. Em março de 2008, a decoração foi feita pela garotada da escola Guilherme Tell, que leu o livro O Caso da Lagarta que Tomou Chá-de-Sumiço, de Milton Célio de Oliveira Filho (Ed.Brinque-Book). "As crianças querem muito estar ali. Até as mais tímidas acabam se soltando e curtindo a festa, inclusive fazendo perguntas muito interessantes. Dá para sentir que elas vêem o livro com encantamento", diz Milton. Um exemplo é Manuela Oliveira, de 5 anos. Ela fez várias peças para enfeitar a vitrine, entre casulos, borboletas e lagartas. Mas a grande tarefa da menina nesse dia foi recitar o poema As Borboletas. "É do Vinicius", explicou Manuela, cheia de intimidade com o autor Vinicius de Moraes. "A leitura de um livro não precisa encerrar-se nela mesma. Se as crianças demonstram curiosidade, podemos trazer novos títulos para elas", explica a coordenadora pedagógica da Guilherme Tell, Denise Braga, lembrando que este é o quinto ano consecutivo da escola no Vitrine – prova de que, quando há compromisso e encantamento com um projeto, ele cria raízes.

1) Barca dos livros (SC)
2) Encontros de Leitura (AL)
3) Esquina do Livro (RJ)
4) Vaga Lume (AM)
5) Projeto Vitrine (SP)



 

amigos do educar

 


lição de casa

Crianças que fazem a lição de casa diariamente aprendem mais, têm notas melhores e se tornam mais seguras. Faça a sua parte!



depoimentos

Marina Silva, Martha Medeiros, Nelson Motta e outras personalidades brasileiras revelam o impacto de uma boa Educação no futuro



recomendamos

EDUCAÇÃO INFANTIL
Como contribuir com essa importante fase de formação da criança

ENSINO FUNDAMENTAL 1
Como acompanhar os primeiros passos da vida escolar de seu filho

ENSINO MÉDIO
Dicas para pais e alunos enfrentarem esta fase de novos desafios

mais lidos

ALFABETIZAÇÃO
11 dicas para ajudar na alfabetização de seu filho

TECNOLOGIA
52 sites que ensinam e divertem a criançada