Educar para Crescer
busca

Educar para crescer

LITERATURA

A Obscena Senhora D

Prosa alucinada, da qual "Ninguém Sai Ileso", representa ponto de equilíbrio de Hilda Hilst, uma das mais polêmicas autoras contemporâneas


11/07/2011 16:18
Texto Daniel Schneider e Thiago Minani
Bravo
Foto: Dario Castro
Hilda Hilst
Hilda Hilst, um dos nomes mais controversos da literatura brasileira contemporânea, se refugiou durante 40 anos em sua chácara em Campinas
----- PAGINA 01 -----

Para a protagonista deste romance de Hilda Hilst (1930-2004), a vida "foi uma aventura obscena, de tão lúcida". Segundo o crítico literário Alcir Pécora, A Obscena Senhora D "representa um momento de perfeito equilíbrio de desempenho, no qual se cruzam todos os grandes temas e registros da prosa de ficção que Hilda Hilst vinha praticando desde o início dos anos 70".

Estão aqui, por exemplo, a mistura de corporeidade e abstração, do prosaico com o erudito, da especulação filosófica com a loucura, a união do mais degradado ao mais sublime. Está aqui, sobretudo, a recusa em se ater às normas, sejam as da sociedade burguesa, que ataca todos os que dela destoam, sejam as regras do fazer literário: ritmos, estilos e gêneros se entrelaçam, estilhaçando os formatos narrativos habituais, para compor um painel como que alucinatório e hipnótico de uma consciência extremamente lúcida, mas em decomposição.

No fundo, Hilda Hilst é como uma Clarice Lispector (outra mestra da introspecção existencial) ainda mais radical - sem a mínima possibilidade de redenção. Aliás, o argumento desse seu romance lembra um pouco a linha dramática de A Paixão Segundo G. H., de Clarice. Em vez de estar confinada em seu apartamento, porém, Hillé, a obscena senhora, resolve se isolar no vão da escada de sua casa. Ali, revive sua relação com o amante recentemente morto e examina o ódio da vizinhança, que não tolera sua atitude anticonformista. Até que surge uma porca chagada em seu esconderijo (em Clarice, é a barata), e a compreensão, por meio do acolhimento visceral do Porco-Menino, o Construtor do Mundo, ocorre. Como disse o escritor Caio Fernando Abreu, outro admirador da escritora, "ninguém sairá ileso" da leitura desse romance.

Hilda Hilst é um dos nomes mais controversos da literatura brasileira contemporânea. Nascida em Jaú, interior de São Paulo, iniciou-se, bem-comportada, na poesia, mas logo aderiu à dramaturgia e à ficção, e a formas mais totalizantes de narrativa, capazes de englobar todos os gêneros. Ganhou vários prêmios. Mas, apesar da consagração crítica, não teve boa acolhida junto ao público. Refugiou-se durante 40 anos, até a morte, em sua chácara de Campinas, a chamada Casa do Sol. Mas ressentia-se da relativa obscuridade. Numa tentativa de chamar a atenção para sua literatura, lançou uma trilogia dita obscena, composta de O Caderno Rosa de Lori Lamby (1992), Contos de Escárnio & Textos Grotescos (1990) e Cartas de um Sedutor (1991). Puro jogo de cena. Hilda queria atingir o leitor em todos os níveis: intelectual, sensorial e, por que não, sexual. Uma marca comum a todos os seus textos, independentemente de seu estado de fragmentação, estranheza e irreverência, está na sua peculiar comunicabilidade. Sua prosa assemelha-se a um discurso de um louco ou de um iluminado, no sentido de quem atingiu um grau sofisticado de percepção, o qual precisa ser comunicado de um modo igualmente complexo.

A Obscena Senhora D foi lançado em 1982. Em 1997, saiu na França, pela editora Gallimard, com tradução de Maryvonne Lapouge, que também verteu para o francês Grande Sertão: Veredas, de Guimarães Rosa.

 


 

amigos do educar

 


lição de casa

Crianças que fazem a lição de casa diariamente aprendem mais, têm notas melhores e se tornam mais seguras. Faça a sua parte!



depoimentos

Marina Silva, Martha Medeiros, Nelson Motta e outras personalidades brasileiras revelam o impacto de uma boa Educação no futuro



recomendamos

EDUCAÇÃO INFANTIL
Como contribuir com essa importante fase de formação da criança

ENSINO FUNDAMENTAL 1
Como acompanhar os primeiros passos da vida escolar de seu filho

ENSINO MÉDIO
Dicas para pais e alunos enfrentarem esta fase de novos desafios

mais lidos

ALFABETIZAÇÃO
11 dicas para ajudar na alfabetização de seu filho

TECNOLOGIA
52 sites que ensinam e divertem a criançada